Condenado a mais de 400 anos de prisão, Sérgio Cabral será homenageado por escola de samba do Rio

Preso desde 2016, Cabral foi solto este ano, numa decisão  da 2º Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). Gilmar Mendes foi voto decisivo em prol do ex-governador.

Condenado a mais de 400 anos de prisão, Sérgio Cabral será homenageado por escola de samba do Rio

A União Cruzmaltina, escola de samba do Rio de Janeiro que terá o ex-governador Sérgio Cabral como enredo no carnaval de 2024, já preencheu todas as vagas para o desfile do próximo ano. No Instagram, a agremiação anunciou que todas as alas que vão compor o cortejo já têm seus desfilantes definidos.

Neste domingo (23) a escola de samba divulgará o samba-enredo. O anúncio esclarecerá como a figura de Sérgio Cabral será abordada e interpretada pela escola em seu desfile.

A escolha da União Cruzmaltina de homenagear o ex-governador tem sido controversa, considerando as polêmicas envolvendo sua gestão marcada por corrupção. Enquanto alguns apoiam a iniciativa, outros questionam a pertinência de destacar uma figura política envolvida em escândalos durante uma festa popular de tamanha relevância cultural. 

 

O ex-governador já foi condenado em 23 ações penais na Justiça Federal, com penas que chegam a 425 anos e 20 dias de prisão. Preso desde 2016, Cabral foi solto este ano, numa decisão  da 2º Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que lhe concedeu o direito de responder em liberdade. Um placar apertado, por 3 a 2. Com voto decisivo de Gilmar Mendes a favor do criminoso;